sexta-feira, 9 de março de 2012

“Programa de Inspeção em Indústria Farmacêutica” agora tem um novo membro

O “Programa de Inspeção em Indústria Farmacêutica” agora tem um novo membro formal: a Organização Mundial da Saúde. A organização assinou sua associação objetivando somar esforços com FDA (Estados Unidos), EMA (Europa) e TGA (Austrália) em processo de colaboração global.

Juntas, tais agências reguladoras e a OMS trocarão informações sobre inspeções realizadas em países não participantes. Espera-se inclusive a realização de inspeções conjuntas.

O referido programa tem em seu escopo a possibilidade de incluir outros parceiros internacionais, desde que aceitem as diretrizes do grupo.

Para o parque industrial farmacêutico, as exigências de Boas Práticas de Fabricação - nas quais são embasadas tais inspeções - tornam-se fatores críticos para a sua sobrevivência e sucesso, seja qual for o país no qual ele esteja instalado. Assim, deixar de enxergar hoje que os recursos humanos, financeiros e materiais dedicados às BPF são verdadeiros investimentos, pode significar enxergar amanhã, até mesmo, o encerramento de suas atividades... E algumas empresas, em muitos lugares deste planeta, já viram e estão vendo este quadro.

Para aqueles que estão investindo em equipamentos e instalações compatíveis com as recomendações de Boas Práticas, bem como em treinamentos de suas equipes, fica reforçada a certeza de sua manutenção no mercado e a expectativa de aumento de seus faturamentos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário